Curso ‘A visão antropológica de Santo Agostinho’

A VISÃO ANTROPOLÓGICA DE SANTO AGOSTINHO

 

O Centro Dom Vital tem a honra e a alegria de convidá-los para o curso “A visão antropológica de Santo Agostinho” que será ministrado pelo *Prof. Dr. Pe. Paulo Hamurabi Ferreira Moura. O curso ocorrerá nas quartas de 06/04 a 27/04 das 18 h às 19h30.

Inscrições pelo email: comunicacao@centrodomvital.com.br. As inscrições também podem ser realizadas no local no primeiro dia do curso: Rua Araújo Porto Alegre, 70 sala 111 (esquina com Rua México, próximo ao Metrô Cinelândia).

Serão emitidos certificados. Participem com seus familiares e amigos e divulguem, por favor! Muito obrigado a todos!

Fizestes-nos para Vós e o nosso coração está inquieto enquanto não descansar em Vós“. (Confissões, I, 1, 1).

“Agostinho é um homem «bem sucedido», possui tudo, mas no seu coração subsiste a inquietação da busca do sentido profundo da vida; o seu coração não está adormecido, diria que não está anestesiado pelo sucesso, pelos bens, pelo poder. Agostinho não se fecha em si mesmo, não se acomoda, continua a procurar a verdade, o sentido da vida, continua a buscar a face de Deus. Em Agostinho é precisamente esta inquietação do coração que o leva ao encontro pessoal com Cristo, que o leva a compreender que aquele Deus que ele procurava distante de si é o Deus próximo de cada ser humano, o Deus próximo do nosso coração, mais íntimo a nós do que nós mesmos”. Papa Francisco

Este exemplo de Santo Agostinho interpela-nos, pois, muitas vezes, temos o coração atrofiado e fechado para Deus.


*Pe. Paulo é especialista na Teologia de Santo Agostinho pela Universidade Gregoriana de Roma, pós-graduado em Filosofia pela Universitas Catholica Parisiensis, doutor em Teologia (PUC-Rio), Pároco da Paróquia Santo Antônio dos Pobres, Capelão Militar da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército – ECEME, Professor do Instituto Superior de Ciências Religiosas e Capelão da Venerável Irmandade do Santíssimo Sacramento, Santo Antônio dos Pobres e Nossa Senhora dos Prazeres.

 

cdv

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *