A Família segundo Gilbert Keith Chesterton

Por G.K.Chesterton Tradução de Aíla Gomes (Cap. XIV de “Heretics“, Publicado em Londres, 1905. Retirado da revista A Ordem, Out/54) A família pudera-se muito bem definir como uma instituição humana essencial. Ninguém negará que ela foi a célula principal e a unidade central de quase todas as sociedades que até hoje existiram, excetuando-se, é claro, sociedades tais