Palestras: “A interação entre a fé cristã e a ciência física desde Galileu até o Bóson de Higgs” e “Da energia à matéria: o Bóson de Higgs e a origem da massa”

No dia 17/10/15 das 10:00 às 12:30 serão realizadas no auditório American Express na PUC as palestras: “A interação entre a fé cristã e a ciência física desde Galileu até o Bóson de Higgs” e “Da energia à matéria: o Bóson de Higgs e a origem da massa”.

 

Cartaz Bóson - V6

 


Título: A interação entre a fé cristã e a ciência física desde Galileu até o Bóson de Higgs

Pe. Paul Schweitzer, S.J.

Resumo:

1.  A origem da ciência moderna no final da Idade Média no contexto propício criado pela fé judeu-cristã no Criador inteligente e bom.

2. O Caso de Galileu e o conflito entre a ciência física e a interpretação bíblica – Galileu foi interrogado pela Inquisição em 1616 e em 1633, e condenado a prisão domiciliar. Embora Galileu estava certo ao defender o sistema heliocêntrico de Copérnico, ele errou cientificamente ao crer que tinha uma prova empírica do movimento da terra. Cardeal Bellarmino, que transmitiu a conclusão da Inquisição a Galileu em 1616, errou na interpretação bíblica, exigindo que a interpretação tradicional da Bíblia fosse salvaguardada apesar de evidências científicas ao contrário.

3.  O fechamento do Caso Galileu com a publicação de um livro de astronomia em 1821 com imprimatur do Vaticano, e posteriormente com o pedido de desculpas do Papa São João Paulo II.

4.  Alguns comentários sobre a teoria de seleção natural de Darwin na Evolução e a relação com a fé judeu-cristã.

5.  Quatro paradigmas da relação entre a fé cristã e a ciência, segundo Ian Barbour:  conflito, independência, diálogo e integração.
6. A carta do Papa São João Paulo II de 1988 pedindo a interação com contribuições mútuas entre a fé cristã e a ciência.

7. Ateísmo atual entre alguns cientistas – Stephen Hawking, Steven Weinberg e outros: será que a formação espontânea de um par de uma partícula e uma antipartícula no vazio quântico corresponde à ‘creatio ex nihilo’ (a criação a partir de nada)? – mas o vazio quântico já é algo, não é o ‘nada’ da doutrina cristã da criação!

8. O Big Bang é o momento da criação do universo? Como se entende o Big Bang a partir da fé cristã?

9.  A busca da vida extraterrestre e a possibilidade de civilizações em outras partes do universo.
 

Título: Da energia à matéria: o Bóson de Higgs e a origem da massa

Prof. Dr. Arthur Moraes (Físico)

Resumo:

O que é massa? Qual é a origem das massas das partículas que formam a matéria? Como se deu a evolução inicial do Universo após o Big-Bang? Essas e outras perguntas estão sendo investigadas no LHC (Large Hadron Collider), o maior e mais ambicioso projeto em física de partículas e um dos mais ambiciosos em ciências já conduzido pela humanidade.

A descoberta da partícula conhecida como o Bóson de Higgs (ou “Partícula de Deus”), nos dados produzidos pelo LHC, confirmou a teoria que explica como partículas obtêm suas massas.

Nesta palestra, o físico Dr. Arthur Marques Moraes (Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas – CBPF), que há mais de 15 anos trabalha em projetos do LHC, falará sobre o Bóson de Higgs e também sobre a beleza de ser cientista, brasileiro e participar de um projeto tão audacioso que investiga alguns dos mistérios mais profundos sobre o surgimento e funcionamento do Universo.

Vanusa

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *