François Mauriac, por Carlos Frederico

François Mauriac Carlos Frederico Gurgel Calvet da Silveira Presidente do Centro Dom Vital   Quando recebeu o Prêmio Nobel de Literatura, em 1952, François Mauriac já era universalmente conhecido como “escritor católico”. Este título, entretanto, não era, de modo algum, algo secundário ou pacífico em sua literatura, nem nas décadas precedentes, nem naquele momento de