CDV realizará a II Edição do Ciclo do Diálogo Inter-Religioso

Queridos amigos, o CDV tem a honra e a alegria de convidá-los para a II Edição do Ciclo do Diálogo Inter-Religioso. Teremos, no dia 07/03, às 19 h, a Oração pela Paz:

Chefe de cerimônia: Carlos Frederico Gurgel Calvet da Silveira, Presidente do CDV e Maria Christina Sá, Diretora de Ecumenismo e Diálogo Inter-Religioso do CDV
Cardeal Orani João Tempesta – Arcebispo da Arquidiocese de São Sebastião do RJ – Igreja Católica Romana
Rabino Dario Bialer – Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro
Sheikh Adam Muhammad – Sociedade Beneficente Muçulmana do Rio de Janeiro
Pe. Marcelo Torres – Igreja Ortodoxa (Patriarcado de Antioquia)
Adriano Barros de Almeida – CEERJ – Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro
Ivanir dos Santos – Babalawo – Culto de Ifa e Orixás – Candomblé
Pedro Paulo da Silva Amaral – Consultor da BSGI RJ – Brasil Soka Gakkai Internacional
Rev. Daniel Rangel – Pastor da Igreja Anglicana
Rev. Daniel de Athayde – Pastor da Igreja Batista

Nos dias subsequentes, teremos estas palestras:

Dia 08/03 das 18h30 às 19h15 – “Judaísmo: Religião e Paz” – Patrícia Tolmasquim, Diretora de Assuntos Inter-religiosos – FIERJ
Dia 08/03 das 19h15 às 20h – “Cristianismo: Religião e Paz” – Pe. Henrique Cairus, Patriarcado Ecumênico de Constantinopla

Dia 09/03 das 18h30 às 19h15 – “Budismo: Religião e Paz” – Wallace Moura, Coordenador da BSGI/RJ
Dia 09/03 das 19h15 às 20h – “Islamismo: Religião e Paz” – Sami Armed Isbelle, Diretor do Departamento Educacional e de Divulgação da Sociedade Beneficente Muçulmana do RJ

Dia 10/03 das 18h30 às 19h15 – “Espiritismo: Religião e Paz” – Adriano Barros de Almeida, Diretor de Relações Externas do Conselho Espírita do Estado do RJ
Dia 10/03 das 19h15 às 20h – “Catolicismo: Religião e Paz” – Pe. Fábio da Silveira Siqueira, Vice-diretor das Escolas de Mater Ecclesiae

Não se trata de sincretismo religioso, mas, cada qual, afirmando sua fé, corrobora para o respeito mútuo, a concórdia, a paz e o bem comum. A Nostra Aetate exorta-nos sobre isto, eis alguns trechos:

“Com efeito, os homens constituem todos uma só comunidade; todos têm a mesma origem, pois foi Deus quem fez habitar em toda a terra o inteiro gênero humano; têm também todos um só fim último, Deus, que a todos estende a sua providência, seus testemunhos de bondade e seus desígnios de salvação até que os eleitos se reúnam na cidade santa, iluminada pela glória de Deus e onde todos os povos caminharão na sua luz. Os homens esperam das diversas religiões resposta para os enigmas da condição humana, os quais, hoje como ontem, profundamente preocupam seus corações: Que é o homem? Qual o sentido e a finalidade da vida? Que é o pecado? Donde provém o sofrimento, e para que serve? Qual o caminho para alcançar a felicidade verdadeira? Que é a morte, o juízo e a retribuição depois da morte? Finalmente, que mistério último e inefável envolve a nossa existência, do qual vimos e para onde vamos?” (NA 1)

“Não podemos, porém, invocar Deus como Pai comum de todos, se nos recusamos a tratar como irmãos alguns homens, criados à Sua imagem. De tal maneira estão ligadas a relação do homem a Deus Pai e a sua relação aos outros homens seus irmãos, que a Escritura afirma: «quem não ama, não conhece a Deus» (1 Jo. 4,8).” (NA 5)

Evento gratuito, sem inscrição. Certificados serão emitidos.

Local: Centro Dom Vital – Rua Araújo Porto Alegre, 70 Sala 111 – Centro – RJ (esquina com Rua México, próximo ao Metrô Cinelândia).

 

cdv

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *